Private Equity

O que é Private Equity?

O crescimento de uma empresa muitas vezes depende de fatores externos, como o aporte de capital, utilizando os investimentos conhecidos no mercado. Entre as várias opções disponíveis, o Private Equity é o meio optado pela maioria das companhias.

Diferente de outras modalidades, ele é uma forma de investimento que está presente somente no mercado privado, ou seja, não pode ser encontrado em outros mercados, como a Bolsa de Valores (B3), já que ele é comercializado diretamente por organizações que não possuem capital aberto.

Com o intuito de te ajudar a entender as opções de aporte para o seu negócio, nós, da Nexoos, escrevemos este conteúdo para que você entenda como os fundos de Private Equity funcionam e quais as vantagens ao buscar esse tipo de investimento. Confira abaixo.

Entenda o Private Equity

Conhecido como um dos tipos de investimentos realizados de forma exclusivamente privada, o Private Equity é uma aplicação na qual o aporte geralmente é feito pessoalmente com a companhia, buscando participação direta ou um percentual das ações dessa empresa.

O dinheiro investido na organização é denominado capital privado e é usado para financiar os projetos internos e externos. Essa modalidade de aplicação pode ser feita por investidores individuais, fundos de Private Equity ou diretamente entre organizações.

É importante que, ao pensar em procurar por esse tipo de aporte, você tenha em mãos uma lista de benefícios que esteja disposto a oferecer, já que esse investimento costuma fornecer participação em troca da ajuda financeira.

Como funcionam os fundos de Private Equity?

Assim como outras modalidades de investimento, o Private Equity também possui fundos especializados, cujo objetivo de seus integrantes é aplicar o capital para que, no futuro, eles possam recolher os lucros. Por isso, não se concentram em um setor específico do mercado, permitindo que vários tipos de empresas o busquem.

Como o Private Equity é um modelo voltado para as empresas já estabelecidas — bom faturamento, número de clientes e percepção da concorrência —, a sua principal meta é alcançar a consolidação no mercado e tornar-se uma organização de capital aberto, fazendo parte da B3.

Quais as vantagens para as empresas que recebem o Private Equity?

Por ser uma transação direta entre ambas as partes envolvidas, o Private Equity possibilita que o acordo seja realizado sem envolver outras instituições. Além de melhorar a imagem da organização, esse investimento potencializa o seu crescimento e rentabilidade.

Nós separamos outras vantagens que o Private Equity pode trazer ao ser incorporado no seu empreendimento. Acompanhe abaixo.

  • Melhora na gestão de negócios;
  • Aumento dos recursos financeiros;
  • Abertura de novos mercados;
  • Aumento da competitividade,
  • Diversificação do risco do negócio.

O que fazer antes de procurar pelo investimento de Private Equity?

Se o Private Equity for a opção mais rentável para o crescimento do seu negócio, procure organizar a sua contabilidade e garanta que a sua gestão financeira esteja em ordem. Esses são os principais fatores que os potenciais investidores irão pedir para constatar a sua lucratividade.

Para isso, é essencial que você tenha em ordem alguns documentos antes de procurar pelo Private Equity. Confira abaixo a lista com alguns documentos analisados nesse tipo de operação.

  • Demonstrativo de Resultado de Exercícios (DRE);
  • Balanço Patrimonial;
  • Fluxo de Caixa; 
  • Relatório de gastos, custos e despesas,
  • Indicadores de desempenho.

Entenda a diferença entre o Private Equity e Venture Capital

Dois termos muito equiparados no mercado financeiro, o Private Equity e Venture Capital são modalidades de investimentos optadas pelas empresas que buscam aporte para o financiamento das suas operações.

A principal diferença entre os dois é a quais empresas eles são indicados. O Venture Capital é uma aplicação voltada para as companhias iniciantes no mercado — startups que possuem potencial de crescimento.

Ao contrário do Private Equity que se dedica às organizações estabelecidas, o Venture Capital é considerado capital de risco, já que o empreendimento não possui um segmento formado, ou seja, clientela, concorrência, imagem, entre outros.

Na Nexoos, você investe e desenvolve seu empreendimento com consciência. Conheça!

Entre as opções para desenvolver o seu negócio está o Private Equity e o crédito rotativo, sobre os quais você pode entender mais acessando o blog da Nexoos. Aqui, nós oferecemos conteúdos para te ajudar a administrar o seu negócio e te auxiliamos a conseguir a melhor oferta de aporte com nossos empréstimos empresariais.

A Nexoos é uma plataforma que trabalha com o modelo de marketplace lending, juntando investidores e empresas que necessitam de linha de crédito. Venha conhecer nossos processos 100% on-line, rápidos e fáceis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima