Por que você deve investir em CRM para o seu negócio?

Já pensou em investir em CRM? Essa estratégia põe o foco das ações do negócio no cliente e pode trazer mais resultados do que você imagina. Saiba mais!

Eduardo investiu pesado para garantir a entrega de um produto de qualidade e relevância no mercado. Mas isso não foi suficiente para o desempenho dos seus vendedores chegar a um nível satisfatório. O que será que ele está fazendo de errado? O problema pode estar no relacionamento com os clientes, e a solução pode ser investir em CRM.

Sabe como funciona esse sistema e que vantagens ele pode trazer para o Eduardo e para você? Descubra!

Antes de continuar sua leitura, se você chegou até aqui porque sua empresa está precisando de capital de giro, refinanciamento ou expansão, conheça a Nexoos e confira as melhores taxas de juros para o seu negócio! Não precisa de garantias reais e o processo online é rápido, simples e seguro.

Clique aqui e faça uma simulação agora!

 

O que é um CRM e como funciona na prática?

CRM (Customer Relationship Management, ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, em português) se refere a uma série de tecnologias, estratégias e práticas adotadas para direcionar as ações do negócio no cliente. Pode ser utilizado por empresas de todos os portes para gerenciar as interações com o público, compreender suas necessidades e anseios e, com base nisso, implementar campanhas de atração, vendas e fidelização de modo mais eficiente.

A prática mais básica de CRM consiste na coleta e no armazenamento das principais informações sobre os clientes, tais como nome, endereço, dados de contato, atividades e interações realizadas com a empresa (visitas ao site, telefonemas, e-mails etc.).

Isso por si só seria apenas uma lista de contatos bem detalhada. Por isso, o CRM vai mais a fundo: ele integra todos esses dados e utiliza essas informações como insumo para analisar e munir as equipes em suas ações de marketing.

Sabendo do histórico do cliente e suas preferências de compras, será mais fácil elaborar campanhas que tragam melhores resultados.

No geral, o CRM é confundido com uma tecnologia. Mas na verdade, trata-se de um método ou abordagem que pode usar recursos tecnológicos para organizar as informações e automatizar algumas ações. Os softwares CRM, por exemplo, são sistemas de gestão capazes de reunir os dados e emitir relatórios estatísticos mais claros, concisos e precisos — e muito mais rapidamente.

Além disso, essas plataformas podem se integrar a outros sistemas gerenciais do negócio, como ERPs e pontos de venda, para compartilhar e coletar informações, facilitando o trabalho de todas as equipes envolvidas no relacionamento com o cliente.

Considere um cenário em que o cliente liga para a sua companhia para fazer uma reclamação sobre um problema no serviço prestado. O atendente confirma os dados e gera um número de atendimento. Essa interação é registrada na sua plataforma de CRM para aprimorar o serviço, e dá-se prosseguimento à resolução do problema. Após alguns dias, sua empresa retorna ao cliente para obter um feedback sobre o atendimento realizado e se colocar à disposição.

Por isso, muitas das vantagens relacionadas ao CRM englobam também resultados obtidos com o uso da tecnologia, que pode otimizar as ações. Considere os principais benefícios desse conceito.

Quais as vantagens de investir em CRM?

Ter o cliente como foco do negócio e desenvolver expertise nesse relacionamento por meio das melhores práticas é fundamental para se manter competitivo no mercado. Felizmente, em praticamente todos os segmentos há grande espaço para crescer e se destacar.

Como você pode perceber, empresas que investem em um atendimento mais humano e personalizado têm encantado o público. Podemos falar, por exemplo, das fintechs, que surgiram apresentando serviços inovadores em um cenário de graves entraves burocráticos dos grandes bancos. Então, considere as vantagens de investir em CRM no seu negócio!

Melhor desempenho do time de vendas

Quando sua equipe conhece o perfil do cliente, fica muito mais fácil apresentar para ele a solução ou o produto mais adequado, pois atende a uma necessidade ou um desejo. Sem essas informações, a interação com o público é um tiro no escuro. Segundo uma pesquisa realizada pela Smallbizcrm, um CRM pode:

  • aumentar em 41% o volume de vendas do funcionário;
  • aumentar em 300% as taxas de conversão;
  • melhorar em 27% as taxas de retenção de clientes.

Centralização das informações

Quando falamos em investir em CRM, o princípio básico é o gerenciamento de informações. Esses dados são muito valiosos para otimizar a interação com o cliente e aprimorar a comunicação interna.

Já aconteceu com você de entrar em contato com uma empresa e precisar repetir diversas vezes a mesma informação para diferentes atendentes? Esse é um problema grave no gerenciamento dos dados do cliente que irrita e afasta o público.

Um sistema CRM visa reunir, organizar e tornar acessível todos os registros relevantes dos usuários a qualquer funcionário que necessite deles. Assim, sabendo das interações anteriores, não será preciso fazer as mesmas perguntas, o que poderia esgotar ambas as partes, ou mesmo evitar dar sugestões já negadas em outros contatos.

Com informações completas e bem organizadas, é possível até mesmo antecipar a abordagem, prever a necessidade do cliente e estar pronto para isso. Aliás, podem surgir muitos insights para aprimorar os serviços prestados.

Processos bem definidos

Um processo de vendas é organizado em etapas. Esses passos ajudam a orientar as equipes de vendas em suas atividades, evitando erros e maximizando os resultados. Muitas empresas, porém, não têm um processo de venda definido. Isso gera perda de tempo, de clientes e de lucros.

Além disso, pode acontecer de cada vendedor definir sua própria maneira de realizar os processos, impedido a empresa de criar um padrão ou uma identidade. Aqui que entra o CRM. Esse sistema ajuda o gestor e a equipe de vendas a acompanharem de modo detalhado todo o relacionamento com o cliente e planejarem futuras interações e vendas.

Redução de custos

Segundo o já citado relatório estatístico da Smallbizcrm, o CRM é capaz de:

  • reduzir os custos de vendas e de marketing em 23%;
  • aumentar as margens de lucro em mais de 2%.

Isso ocorre porque a empresa deixa de investir em ações pouco produtivas e passa a se concentrar em estratégias que realmente tragam resultados concretos, pois se relacionam com as necessidades, os desejos e o perfil de cada cliente.

As vantagens estratégicas de se investir em CRM são inumeráveis. Toda empresa que preza seu relacionamento com o público e deseja se destacar em seu segmento de atuação mantém seu foco no cliente e usa as informações como matéria-prima para gerar melhores resultados.

Gostou do texto? Então, assine nossa newsletter e receba outros artigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima