investimentos inteligentes

5 dicas para fazer investimentos inteligentes

Os investimentos inteligentes não são uma classe específica de investimentos, como o Tesouro Direto ou a Bolsa de Valores, por exemplo. Eles são aqueles feitos de forma consciente pelo investidor, respeitando seu perfil, condições financeiras e objetivos.  

Feito muitas vezes no longo prazo, esse tipo de investimento é muito específico e varia de caso a caso. Conheça cinco dicas para fazer um investimento inteligente da melhor forma possível. 

1 – Saiba qual é o seu perfil de investimento

Ao conhecer o próprio perfil de investimento, é possível escolher ativos assertivos que sejam condizentes com a sua realidade financeira e com os objetivos que você quer alcançar. Para isso, saber quais são os três tipos de perfil de investimento pode te auxiliar nesse processo. 

Divididos em três tipos, os perfis variam entre conservador, moderado e arrojado. Como o próprio nome sugere, o conservador é aquele que evita grandes riscos e prefere formas de investimento mais seguras, mesmo que a rentabilidade seja menor. 

No caso dos investidores moderados, há uma mistura de ativos em sua carteira, que é composta tanto por ativos de baixo risco quanto por ativos de médio e alto risco, como ações na bolsa de valores, por exemplo. 

Já os investidores arrojados são aqueles que buscam maior rentabilidade e, para isso, não se importam em correr riscos maiores. Esse tipo de investidor costuma apostar em ativos na bolsa de valores, mercados de opção e até mesmo os empréstimos Peer-to-Peer, que apesar de mais arriscados, são muito rentáveis. 

Para fazer investimentos inteligentes, é necessário ter atenção com as próprias necessidades e um planejamento financeiro condizente com o que será investido. Se você ainda não sabe qual é o seu perfil de investidor, é interessante saber mais sobre o assunto para investir de forma mais assertiva. 

2 – Trace objetivos para seus investimentos

Depois de descobrir o seu perfil de investimento, você terá melhores parâmetros para direcionar os seus objetivos. Com o perfil, é possível se planejar de acordo com a sua tolerância a riscos e expectativa de rentabilidade, tendo como base as metas que você quer alcançar. 

Se você precisa de uma quantia alta de dinheiro em pouco tempo, investimentos de maior risco são os mais indicados para o seu caso. No entanto, se a sua tolerância aos riscos for baixa, isso pode prejudicar seus aportes, especialmente os feitos em investimentos a longo prazo, que demandam mais tempo e paciência. 

Fazer investimentos inteligentes é justamente isso: se programar conforme suas capacidades e metas, de maneira que seja possível atingir seus objetivos sem se estressar durante o processo. 

3 – Conte com uma assessoria ou especialistas

Procurar especialistas ou uma assessoria também é essencial para fazer investimentos inteligentes. Especialmente para aqueles que estão começando a investir, esses profissionais ajudam a fazer um plano de investimento que direciona o capital da forma correta. 

Dessa forma, é possível encontrar os investimentos corretos conforme o perfil e objetivo do investidor. Os investimentos inteligentes são justamente os que levam em conta essas premissas, de forma que o retorno e a expectativa sejam sempre equilibrados. 

4 – Diversifique sua carteira de investimentos 

Ao diversificar sua carteira de investimentos, você diminui os riscos de perder dinheiro, pois o capital que foi investido está pulverizado, sendo essa uma das formas de investir dinheiro mais inteligentes. 

Independentemente de qual seja o seu perfil ou objetivo a ser atingido por meio dos investimentos inteligentes, é necessário e muito importante que haja a diversificação da sua carteira. Por meio da diversificação, é possível conhecer diferentes ativos e se familiarizar cada vez mais com o mercado financeiro e formas de investir. 

5 – Tenha uma reserva de dinheiro

É comum que alguns investidores assumam dívidas na expectativa de valorização de um ativo. Quando isso não acontece, porém, eles amargam prejuízos. Esse é um dos motivos que tornam a reserva de dinheiro um item fundamental para investidores, já que não se deve contar com os futuros rendimentos de uma aplicação. 

A reserva é indispensável, pois ajuda o investidor durante o período do investimento, especialmente quando há uma grande valorização de ativos específicos ou a rentabilidade é menor que o esperado.  

Investimentos inteligentes e outras soluções? Conheça a Nexoos

A Nexoos é uma plataforma de marketplace lending que oferece, dentre outras soluções, a mediação para o empréstimo Peer-to-Peer uma ótima forma de investimento para quem procura rentabilidade acima da média e tem alta tolerância a riscos. Conheça mais sobre a nossa plataforma e converse com a nossa equipe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima