trava bancária

Trava bancária: o que é e como afeta sua empresa

Equilibrar as contas da empresa é uma tarefa árdua e nem sempre fácil. Ao passar por dificuldades, é comum considerar uma injeção imediata de capital para reorganizar o financeiro. Porém, ao contratar uma linha de crédito, deve-se ter atenção para a trava bancária.

Saiba mais sobre o que é a trava bancária e como ela afeta a contratação de empréstimos empresariais.  

O conceito de trava bancária

A trava bancária, também conhecida como “alienação fiduciária de recebíveis”, é uma garantia exigida pelo banco para aprovar a concessão do crédito solicitado pela empresa. 

Funciona assim: a organização cede ao banco uma série de títulos de crédito que tem a receber dos seus devedores. Na medida em que os títulos de crédito vão sendo pagos pelos devedores da empresa que solicitou o empréstimo, o banco utiliza esses valores para abater pedaços do montante total da dívida.

Vantagens e desvantagens da trava bancária

A trava bancária é mais vantajosa para a instituição financeira, pois reduz sensivelmente o risco de inadimplência do financiamento ou empréstimo empresarial em questão. 

Já para a empresa contratante, as vantagens são um pouco menores. A principal delas é o aumento da probabilidade de aprovação do empréstimo solicitado, já que o risco de inadimplência é menor. 

No entanto, por ser um artifício que restringe algumas ações da empresa, nem sempre a trava bancária é vantajosa. Isso acontece porque os valores referentes aos títulos cedidos à instituição financeira ficam indisponíveis para a empresa durante o tempo previsto no contrato.

Dessa forma, a companhia fica engessada, sem capital de giro ou recursos para implementar seus processos e quitar suas dívidas, já que a gestão desses títulos passa a ser do banco.

Trava bancária e recuperação judicial

Caso haja um problema financeiro grave, a empresa pode solicitar a recuperação judicial com o objetivo de evitar a falência. Por meio da recuperação, ela terá como reestruturar suas dívidas e criar uma estratégia organizada para o pagamento de todos os seus credores. 

No entanto, de acordo com a atual redação da Lei nº 11.101, de 2005, as dívidas decorrentes de empréstimo com garantia de recebíveis não podem ser incluídas no plano de recuperação, devendo ser cobradas em processos autônomos.

Com esse pormenor, o banco ou instituição financeira que emprestou o dinheiro poderá cobrar normalmente os valores devidos. Nesse meio-tempo, a empresa, que já está em uma situação delicada, pode ter menos liquidez e disponibilidade de capital para gerenciar sua situação. 

Alternativa para a trava bancária

Uma alternativa que vem ganhando popularidade são os empréstimos coletivos. Além de não decretarem trava bancária, eles costumam ser bem mais baratos, já que as taxas cobradas são menores que as de bancos e instituições financeiras. 

Bancos e instituições financeiras tradicionais mantêm uma estrutura grande de agências e funcionários, fazendo com que esses custos tenham que ser embutidos no preço de seus produtos financeiros.

Enquanto isso, na modalidade de crédito oferecido pelas fintechs, todo o processo é feito on-line, e o serviço, é claro, tem seu valor diminuído, tornando-se favorável para que tenha as menores taxas de juros do mercado.

Os empréstimos coletivos costumam acontecer por meio de plataformas de marketplace lending que conectam investidores interessados em impulsionar a economia local e empresas que precisam de empréstimos.

Soluções empresariais e empréstimo coletivo é na Nexoos! 

Se você precisa de um aporte para fazer a sua empresa crescer ou para ajustar as contas, conheça os serviços da Nexoos! Somos um marketplace lending que possibilita, entre outros serviços, o empréstimo coletivo empresarial, em uma modalidade chamada Peer-to-Peer lending. 

Conectando investidores e empreendedores, nossas soluções permitem que o comércio local seja impulsionado por investidores, assim como permite que as empresas da região tenham boa saúde financeira. Conheça mais sobre as nossas soluções e converse com a nossa equipe para saber mais! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima