Investimentos21 de novembro de 2018 Tempo de Leitura: 3 minutos

Por que o empréstimo pode ser considerado um investimento?

Por Redação Nexoos

Termos como empréstimo, tomada de crédito e demais sinônimos que se aplicam à ação de pegar dinheiro emprestado e depois pagá-lo em parcelas com juros são proibidos por muitos empresários.

Em alguns casos, funcionários que sugerem essa estratégia de crédito para o momento do negócio têm suas capacidades intelectuais seriamente questionadas. Mas será que um pensamento assim tão engessado se encaixa com o perfil dos chamados empreendedores?

Claro que a associação mais fácil a ser feita em relação aos empréstimos é aquela sobre quitar despesas e contrair outra pior, mas nem sempre é assim. Neste post, mostramos como o empréstimo pode realmente impulsionar os resultados. Confira.

Importância de ter as contas equilibradas

Contas em dia. Esse é um bom ponto para começar esta discussão, porque, na maioria das vezes, é a justificativa dos empreendedores para não tomar créditos no mercado.

Na atualidade, ter um negócio escalável é uma das características mais importantes para se ter sucesso nos negócios, afinal de contas, ter poucas despesas fixas e capacidade para atender mais clientes significa apenas aumento dos ganhos.

Entretanto, para atingir esse ponto, é preciso encontrar o equilíbrio, inclusive financeiro. Seja para contratar tecnologias de otimização de recursos, seja para aumentar o estoque para atender uma oportunidade que surge, um empréstimo poderá ajudar na busca desse ponto ideal.

E sim, trocar um empréstimo mais caro por outro mais barato é uma maneira de colocar ordem e estratégia nas contas da empresa.

Quem deseja progredir sabe que não existe um negócio sem despesas mensais. A ideia é fazer com que elas caibam no orçamento em vez de sufocarem seus esforços.

Situações em que o empréstimo traz retornos ao negócio

Considerando que é possível conquistar esse equilíbrio contratando um empréstimo, vejamos algumas situações em que eles entrarão na equação da estratégia de maneira positiva.

Investir em tecnologias de otimização e redução de custos

A todo momento, chegam ao mercado inovações capazes de otimizarem processos e reduzirem seus custos.

Se antes era preciso ter uma equipe completa para fazer a gestão de marketing, por exemplo, hoje as soluções de automação fazem a análise do comportamento de clientes, interagem como se fossem pessoas nas redes sociais e ainda disparam e-mails para públicos especificamente segmentados.

Ou seja, ao mesmo tempo que aumentam a qualidade das interações, convertem mais vendas por sua eficiência no trato dos dados e ainda reduzem o custo com a mão de obra especializada. E tais soluções se espalham por todo o organograma das empresas.

Facilitar o pagamento de dívidas mais caras

A economia brasileira vive altos e baixos que, em alguns casos, obrigam os empresários a tomarem decisões mais difíceis com o objetivo de minimizar problemas.

Em períodos mais prósperos, no entanto, é possível buscar soluções de crédito mais vantajosas que as anteriormente contratadas. Assim, trocar uma dívida mais pesada por outra que libere a capacidade de investimento da empresa também é um bom negócio.

Desbloquear o negócio por questões tributárias, fiscais ou trabalhistas

Falando de escolhas e tomadas de decisões difíceis, em alguns casos, elas acabam envolvendo também uma situação de inadimplência com tributos e contribuições obrigatórias para o governo.

Acontece que, com o final dos ciclos, a autuação das entidades fiscalizadoras pode impedir a continuidade do funcionamento das empresas. Nesses momentos críticos, o empréstimo também é visto como um investimento para que o negócio continue vivo e apto a recuperar seus resultados.

Garantir deduções fiscais

Ainda considerando as relações institucionais com o governo, contrair empréstimos de entidades de crédito, como a Nexoos, permite que a empresa tenha um benefício fiscal pelo uso de capital de terceiros. Tal montante utilizado é deduzido daquele em que incide o cálculo para cobrança do tributo.

O empréstimo sempre será válido quando o retorno que ele trouxer for mais vantajoso que seus custos. Para isso, a análise de suas condições deve ser realizada criteriosamente e considerando sempre a capacidade financeira do negócio.

Essa é a filosofia da Nexoos, que conecta empresários com potenciais investidores: oferecer condições de crédito que impulsione negócios.

Quer saber mais? Faça uma simulação de empréstimo para seu negócio ou entre em contato com um de nossos especialistas.

Redação Nexoos

Compartilhe este Artigo   

Deixe seu comentário

Os comentários estão fechados.

Precisa de dinheiro para impulsionar seu negócio?

Insira o valor desejado entre R$15.000,00 e R$500.000,00 para iniciar sua cotação.

Artigos Relacionados

Inscreva-se em
nosso Blog!

Receba, em primeira mão, conteúdos exclusivos sobre empreendedorismo e investimentos.