Empreendedorismo25 de janeiro de 2022 Tempo de Leitura: 4 minutos

O que é ativo intangível da sua empresa?

Por Redação Nexoos

ativo intangível

Em primeiro lugar, você sabe qual é o nome dado ao termo que calcula o valor de uma patente da sua empresa? É ativo intangível, um termo que a maioria dos gestores desconhece, apesar de ser essencial para o crescimento de qualquer negócio no seu setor de atuação.

Os ativos tangíveis eram a maior parte do valor de mercado das empresas até os anos 90, antes da explosão da internet. O avanço da tecnologia provocou grandes mudanças na economia mundial.

Um fator marcante é que a geração de valor dos ativos intangíveis está em constante expansão e essa tendência deve ser forte ainda nos próximos anos.

Presente nos relatórios contábeis e balanços patrimoniais, esses ativos representam o valor da empresa do mercado. Por isso, neste artigo, nós vamos explicar o que é ativo intangível e a sua importância, além de te ensinar a como calculá-lo. Veja!

 

Entenda o que é um ativo intangível

Definido como um bem de uma empresa que não existe fisicamente, o ativo intangível é visto tanto como um valor financeiro como um valor representativo no mercado. 

Segundo o Pronunciamento Técnico CPC 04, um Ativo Intangível pode ser assim considerado quando:

  • For separável, ou seja, capaz de ser separado ou dividido da empresa, podendo ser negociado, vendido, transferido, licenciado, alugado ou trocado;
  • Resultar de direitos contratuais ou de outros direitos legais;
  • For provável que os benefícios econômicos futuros esperados atribuíveis ao ativo sejam gerados em favor da empresa;
  • Puder ter seu custo mensurado com segurança.

O ativo mais comum e atual é a patente de um software, mas existem outros, por exemplo:

  • Marcas;
  • Patentes;
  • Franquias;
  • Capital intelectual;
  • Know-how;
  • Direitos autorais;
  • Direitos de exploração de serviços públicos,
  • Fundo de comércio adquirido.

Os bens intangíveis, além de não terem uma forma física, possuem outros atributos, como gerar benefícios à sua empresa, representar valor no mercado e possibilitar a negociação entre outras empresas.

 

Importância para sua empresa

Também conhecido como CPC intangível ou CPC 04, ele garante às empresas que os possuem maior grau de importância no mercado — gerando privilégios em algumas situações.

Além de garantir um bom networking, o principal impacto desse ativo é na gestão a longo prazo. Já que um bom know-how e uma consolidação de marca, geram bases firmes em tempos de crises.

 

Como calcular o valor desse ativo?

Apesar de ser um bem não monetário, o ativo intangível possui o seu valor financeiro, que é determinado pelo CAPEX (Capital Expenditure) — quantia que foi gasta para que ele se tornasse realidade e o OPEX (Operational Expenditure), valor gasto na pesquisa para a produção do bem. 

Para te ajudar, nós, da Nexoos, separamos alguns métodos usados pelos gestores financeiros e contadores, além do CAPEX para apurar esse ativo. Veja alguns deles e escolha o que fiz mais sentido para você: 

 

Método de custo

Nesse método existem três opções para que você chegue até o custo do ativo intangível. Um deles é quando o gestor apura os gastos necessários para que outra empresa possa clonar ou plagiar o seu bem.

Outra opção é você estimar os valores dos produtos usados durante a produção do ativo ou calcular o atual preço dos gastos que deram origem ao bem primário da sua empresa.

 

Método de mercado

No método do mercado, o gestor usará como referência um ativo intangível similar de outra empresa como referência. Assim, você terá noção de quanto o seu bem vale no segmento do mercado que a sua companhia atua.

 

Método de receita

Por meio desse método, o seu gestor financeiro irá calcular os possíveis benefícios que os seus ativos intangíveis podem trazer para a sua empresa no futuro. Utilizando as projeções do fluxo de caixa, você terá uma visão melhor desse efeito.

 

Registro dos ativos intangíveis

Antes de mais nada, o registro dos ativos intangíveis são feitos pelos setores financeiros de cada empresa por meio do balanço patrimonial — somente os bens adquiridos ou comprados.

Como eles são bens que possuem valores financeiros e vida útil de longo prazo que podem ser comercializados, os ativos precisam estar registrados para que a gestão das finanças seja feita de maneira eficiente — sem diferenças na contabilidade.

Vale ressaltar que os ativos intangíveis criados dentro da empresa não precisam estar nesses registros do balanço patrimonial, como a logomarca desenhada para o seu negócio.

 

Avaliação de vida útil

A definição de vida útil dos ativos intangíveis acontece de duas formas, confira:

Definida: é o período em que se espera que o intangível gere entradas líquidas de caixa. Nesse caso, a amortização tem como base a estimativa de utilidade econômica, pelo método linear.

Indefinida: quando não existe um limite previsível para o período durante o qual o intangível deverá gerar entradas líquidas de caixa. Nesse caso, os ativos intangíveis não devem sofrer amortização, entretanto, devem ser submetidos a teste de impairment (também conhecido como Avaliação de Recuperabilidade de Ativos) todos os anos ou sempre que houver qualquer sinal de que o ativo tenha se perdido o seu valor.

 

Ativo intangível X Ativo tangível

Antes de mais nada, a maneira mais simples de diferenciar os ativos tangíveis dos intangíveis é que os primeiros são físicos, como prédios, veículos e equipamentos, e os segundos são mais abstratos, além da venda ao mercado ser mais difícil. 

Outra possível comparação é que os ativos tangíveis tem como definição “bens que sofrem degradação com o tempo”, enquanto que os intangíveis, não. Também podemos destacar a chance de amortização desse último, ou seja, a quantia investida no bem poderá diminuir com o tempo.

Por exemplo, o pedido de patente de um software. Para que ele continue atual, quem o criou deverá sempre estar buscando por atualizações e novos conteúdos para que ainda conquiste os usuários.

 

Empréstimo empresarial é na Nexoos!

Quer entender mais sobre os ativos da sua empresa e fazê-la crescer? Conheça a Nexoos! Nós somos uma plataforma de marketplace lending especializada em fazer a conexão entre empresas e investidores.

Antes de tudo, na Nexoos, nós ampliamos as chances de aporte do seu negócio e você consegue ter a aprovação do seu empréstimo empresarial em até dois dias úteis.

Com atuação em todo o Brasil, facilitamos o acesso ao crédito para pequenas e médias empresas, com taxas a partir de 1,14% a.m, de forma 100% online e segura. Além disso, você pode solicitar desde R$ 15 mil até R$ 500 mil, sem a exigência de qualquer garantia e podendo parcelar a quitação em até 24 vezes. Acesse nosso site e saiba mais.

 

crédito empresarial

Redação Nexoos

Compartilhe este Artigo   

Deixe seu comentário

Os comentários estão fechados.

Precisa de dinheiro para impulsionar seu negócio?

Insira o valor desejado entre R$15.000,00 e R$500.000,00 para iniciar sua cotação.

Artigos Relacionados

Inscreva-se em
nosso Blog!

Receba, em primeira mão, conteúdos exclusivos sobre empreendedorismo e investimentos.