antecipação de recebíveis

Veja como funciona a antecipação de recebíveis para empresas

A antecipação de recebíveis é uma maneira de garantir mais fôlego para a sua empresa. Ter um empreendimento é estar sujeito às mudanças do mercado e, muitas vezes, é necessário recorrer a aportes externos para manter a saúde financeira da organização.

Nesse cenário de formas de empréstimo, a antecipação de recebíveis é uma linha de crédito que viabilizará maior liquidez e otimizará os recursos. Ela pode ser usada de diversas formas, seja como capital de giro ou para acelerar a empresa financeiramente.

O que é antecipação de recebíveis?

De forma simplificada, a antecipação ou aquisição de recebíveis se resume em receber previamente os valores que seriam adquiridos futuramente. Ou seja, a ideia é que você tenha em mãos os valores que iria receber a longo prazo. Assim, o empreendedor transforma em caixa presente um valor futuro.

Então, nessa modalidade de crédito, ao invés de pegar um dinheiro emprestado e depois devolvê-lo com juros, a empresa recebe um capital que já seria dela. Se no próximo mês o departamento financeiro iria receber R$ 100 mil, é possível antecipar R$ 90 mil, considerando as possíveis taxas que fazem parte da transação.

Essa é uma prática frequente no ambiente empresarial e pode ser aproveitada por empreendimentos de todos os portes. A principal vantagem é a possibilidade de ter em mãos o dinheiro que seria obtido apenas no futuro. Por ser uma modalidade com menos risco, as taxas de juros acabam sendo menores e muito atraentes.

Veja como antecipar um recebível

Para fazer a aquisição de recebíveis deve-se recorrer a instituições como bancos, FIDCs (Fundo de Direitos Creditórios) e factorings. É importante analisar as vantagens de cada um como o valor das taxas inclusas no processo e a burocracia para conseguir o crédito.

Em geral, os prazos podem variar de 24h até sete dias úteis. Para conseguir o adiantamento de recebíveis, é fundamental contar com uma contabilidade organizada, com baixo índice de inadimplência e planejamentos claros. Afinal, o fator “risco” é fundamental no aumento ou diminuição de taxas.

Um das formas de demonstrar isso é por meio do controle do fluxo de caixa. Softwares ajudam a visualizar a situação da melhor forma, e isso pode ser essencial para a antecipação recebíveis ser aprovada. Relatórios financeiros mensais também são outra ferramenta que conta a seu favor.

Quando fazer a antecipação de recebíveis?

Os empreendimentos passam por momentos financeiros difíceis, e o mercado entende esse fato com naturalidade. Por isso, muitas empresas estão sujeitas a, em algum momento, precisar fazer uma antecipação de boletos ou empréstimo. 

A antecipação de recebíveis é uma boa medida temporária para solucionar cenários em que é preciso capital de giro. Apesar de existir um planejamento financeiro, problemas de vendas e sazonalidade podem acontecer e, nesses casos, essa é uma boa solução.

A principal vantagem são as taxas menores que as encontradas em cheque especial ou cartão de crédito. Além disso, ela sai na frente em comparação aos empréstimos tradicionais.

Tome algumas precauções

Apesar de ter muitas vantagens, a antecipação de vendas não deve se tornar uma solução recorrente para a gestão financeira da empresa. Antes mesmo de fazer a solicitação, é importante criar um plano financeiro, já que será necessário lidar com algumas taxas posteriormente.

Por ser uma medida temporária, analise a melhor forma de alocar essa verba. Em geral, é inteligente usá-la para atividades cruciais da empresa. Já planos maiores, como de expansão, requerem um melhor planejamento e talvez outra linha de crédito seja mais adequada.

Afinal, é necessário pensar que o dinheiro está sendo adiantado e não pode comprometer o andamento da empresa nos meses seguintes. A melhor forma de calcular esse impacto e ter uma decisão assertiva para o negócio é com uma projeção de fluxo de caixa. Assim, é possível visualizar se a antecipação não comprometerá as contas no futuro. 

Diferença entre antecipação e empréstimo

A antecipação de recebíveis e o empréstimo são coisas diferentes, e é importante que o gestor entenda como funciona cada linha de crédito. No caso da antecipação, o valor está diretamente relacionado com o montante que seria recebido pela empresa no futuro, sem comprometer uma quantidade maior.

Já no empréstimo, é possível solicitar qualquer quantia, sem atrelá-la aos recebimentos da contabilidade. Nesse caso, o dinheiro não pertence à empresa e o valor será pago com o acréscimo de juros ou taxas.

As duas alternativas podem ser utilizadas por parte dos empreendedores, basta saber qual delas é a mais indicada para determinado fim.

Alavanque os seus negócios com a Nexoos

Com a Nexoos é possível conseguir o aporte necessário para fazer o seu sonho crescer. Aqui, os juros são mais baixos que os empréstimos tradicionais e temos ótimas opções para conseguir capital de giro, expandir a sua empresa ou fazer refinanciamento.

Somos uma plataforma de marketing lending que conecta empreendimentos e investidores, trazendo benefícios para ambos os lados. Os empréstimos empresariais contam com juros menores que os encontrados nos bancos e instituições tradicionais. Além disso, nosso processo é totalmente on-line, rápido e seguro. Confira todas as vantagens para a sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima