sustentabilidade financeira

Sustentabilidade financeira: confira dicas para sua empresa crescer com sucesso

Um termo que está cada vez mais presente no mundo empresarial é a sustentabilidade financeira. O termo remete no equilíbrio das contas, com gestão ativa, capital de giro organizado e um planejamento que acompanha o crescimento do negócio.

Se engana, portanto, quem pensa que o termo sustentabilidade é usado apenas para se referir ao contexto ambiental. Afinal, o conceito envolve justamente um desenvolvimento saudável, sustentável de fato, para o futuro. O mesmo vale para as empresas.

Se você quer entender melhor sobre esse conceito e como aplicar ele na sua empresa, fique por aqui! Nós, da Nexoos, preparamos este artigo completo sobre o assunto.

O que é sustentabilidade financeira?

Você sabe o que é sustentabilidade financeira? Ela remete à organização da empresa ao administrar seus recursos. Assim como no contexto ambiental, a intenção é conseguir aproveitar cada material e informações levantadas ao máximo, sem perda de qualidade para cada área de um negócio.

Para que isso aconteça, é necessário ter as informações exatas sobre o financeiro de todas as áreas da sua empresa e como os recursos destinados a elas impactam no trabalho realizado.

Com esses dados, é possível compreender cada gasto, identificar cortes e também organizar os próximos passos. Para você aplicar esse conceito na sua empresa, listamos algumas ações de sustentabilidade financeira que vão otimizar seu dinheiro. Confira!

1. Organize seu capital de giro

Organizar o capital de giro é fundamental para quem deseja ter uma sustentabilidade financeira empresarial que funcione. Ele é o dinheiro necessário para manter a empresa operando normalmente, mês a mês.

Não ter todo o capital de giro à sua disposição nem sempre é um problema, mas saber as causas e administrá-las com cautela faz com que o seu desenvolvimento seja natural. Vendas a prazo, por exemplo, podem fazer com que você não disponha de todo o dinheiro, mas não deixa de ser um bom sinal.

Portanto, organizar esses números traz uma compreensão do que está acontecendo em vários setores da sua empresa, oferecendo insumos para que não haja equívocos financeiros na operação.

2. Equilibre os gastos mensais

Conhecer os gastos mensais para manter sua operação em dia é fundamental. Assim, você sabe exatamente o quanto gasta em pontos como salário, maquinário, tributação e outros, conseguindo ter porcentagens sobre cada tipo de gasto e estimando números futuros.

Dessa forma, é possível estimar um cálculo de sustentabilidade financeira que equilibre os gastos de acordo com o que realmente importa para o seu negócio e sua rotina de trabalho.

3. Mantenha o pagamento de tributos em dia

A sustentabilidade financeira nas empresas passa por manter os tributos em dia, já que, na maioria das vezes, a desorganização nessa área acaba trazendo prejuízos enormes para a contabilidade e planejamento.

Uma gestão tributária eficiente traz economia na hora de quitar impostos, organizar dados financeiros e custos futuros que surgem com o crescimento da empresa.

4.Busque a sustentabilidade no cotidiano

Para que você realmente aplique o conceito na sua empresa, é necessário promovê-lo todos os dias, com atos e gastos conscientes. Definir valores para poupar, em que momento realizar melhorias e investimentos e não cometer deslizes diários faz parte do planejamento.

Muitas vezes, o custo operacional é comprometido com gastos pequenos e desnecessários, mas que, ao passar do tempo, se tornam inconvenientes. Busque a sustentabilidade diariamente, não apenas em grandes gastos.

5. Defina metas e prazos

Uma das tarefas mais difíceis dos gestores é estabelecer metas e prazos para os funcionários e cada equipe de uma empresa. Tanto as metas coletivas quanto as individuais precisam ser realistas e condizentes com os objetivos do seu negócio.

Com ações programadas e indicadores assertivos, é possível ter uma compreensão de qual o rumo que a empresa busca ter para o futuro. Acompanhar os desempenhos como medidas quantitativas e qualitativas de um processo fazem com que o capital investido tenha retornos diretos e positivos.

6. Tenha um planejamento estratégico consciente

Com um planejamento estratégico completo, você consegue ter o desenvolvimento da sua empresa bem estipulado. Assim, caso algo saia do esperado, seu plano identificará os porquês e fica mais fácil resolvê-los.

Nesse sentido, o plano de sustentabilidade financeira se torna um aliado também do futuro da sua empresa, desempenhando um papel que compreende seus objetivos de maneira estratégica. Assim, você passa a ter situações do cotidiano em que ele atua como modelo operacional a ser seguido.

7. Não se prejudique

Pode parecer óbvio, mas a autossabotagem é algo comum nas empresas que estão em crescimento. Conhecer o futuro e se antecipar não é uma tarefa fácil, mas a sustentabilidade financeira de um projeto inclui saber quais riscos correr e o momento certo para isso.

Para desenvolver uma empresa, você terá que tomar decisões difíceis em diversos momentos, como cortar gastos, investir em expansões, trocar maquinários e solicitar crédito, por exemplo.

Mas se você tiver consciência dos seus próximos passos, de maneira sustentável, seus riscos serão menores e, suas decisões, mais assertivas.

Tenha um desenvolvimento sustentável na sua empresa!

Com a Nexoos, você consegue crédito para ter a sustentabilidade financeira necessária para crescer ainda mais. Confira nossas condições e simule um empréstimo hoje mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima