Qual o risco de investir em peer-to-peer lending?

Será que a rentabilidade maior compensa o risco que estou correndo? Posso perder todo o meu dinheiro?

Como qualquer outro investimento, no p2p lending existem riscos. Por ser uma nova modalidade,  os investidores ainda tem muitas dúvidas. O objetivo desse artigo é ajudar nossos investidores a quantificar o risco de um investimento peer-to-peer por meio da Nexoos.

 

Entendendo o Risco: A Temida Inadimplência

O não pagamento das parcelas, ou inadimplência, é o risco que o investidor está exposto.

No Brasil, a taxa de inadimplência média das empresas é de 7,5%.  A Nexoos realiza uma análise de crédito muito rigorosa e seleciona apenas as melhores empresas para serem publicadas na plataforma. 

Estimamos, portanto, que a taxa de inadimplência média das empresas solicitantes da Nexoos é cerca de 9% .

A Nexoos realiza uma análise de crédito rápida e eficiente, portanto esperamos que a nossa inadimplência seja menor que a média nacional no segmento.

 

Trabalhando com o Risco: Simulação do Retorno Esperado

Na Nexoos as taxas de retorno são tabeladas de acordo com a nota de risco obtida pela empresa na análise de crédito. Os ratings vão de AA (mais seguro) até E3 (mais arriscado), sendo que empresas com rating F, G, e H não são aprovadas. Até o momento (Março/2019) o retorno médio das opções oferecidas pela Nexoos é de 63% a.a.

Avaliando o Risco: Como é o processo de análise de crédito?

Ok, faz sentido… mas posso confiar na análise de crédito da Nexoos? Como é feita a análise?

A Nexoos realiza uma análise de crédito muito rigorosa. Veja, de forma resumida, o trabalho de análise que realizamos:

  1. Pré-Seleção: De forma rápida e direta, a Nexoos rejeita empresas que não se enquadram em requisitos mínimos:
    • Empresas com CNPJ ativo por pelo menos 12 meses;
    • Faturamento anual a partir de R$200mil;
    • Não pode ser MEI.
  2. Pré-Análise: Uma vez aprovadas na pré-seleção, as empresas são obrigadas a enviar uma série de documentos, como contrato social, relação do faturamento, extrato bancário, IRPJ, IRPF dos sócios/avalistas e demonstrativos financeiros. Com todos esses documentos em mãos, a Nexoos realiza uma análise minuciosa, checando consistência, veracidade e finalmente a situação da empresa para concluir se a empresa tem potencial para ser uma boa pagadora. Ao fim do processo de pré-análise, nosso modelo proprietário de crédito – desenvolvido por especialistas com mais de 10 anos de experiência em bancos – classifica a empresa dentro da nossa tabela de rating.
  3. Checagens:  Por fim, realizamos algumas checagens:
    • Agências/Bureau de Crédito – Empresa (PJ)
    • Agências/Bureau de Crédito – Acionista (PF)
    • SCR (Sistema de Informações de Crédito) do Banco Central do Brasil
    • Contato com acionistas/diretores para esclarecimento de eventuais dúvidas;

As poucas empresas (não mais do que 3%) que passam por todo o processo com louvor são publicadas na plataforma e oferecidas aos nossos investidores.

Nosso Histórico

Nada melhor do que números reais para provar a qualidade da nossa análise, certo? Então vamos aos números!

A Nexoos já opera no Brasil desde Setembro de 2016. Até Março de 2019 foram financiadas 900 empresas (mais de R$ 120 milhões).

Hoje,  a nossa taxa de inadimplência é de 9%.

Minimizando o Risco: Diversifique e invista de forma consciente

Após compreender como funciona, é hora de investir! Mas não se esqueça de diversificar. Esse é o principal conceito que um investidor precisa ter em mente, não coloque todos os ovos em apenas uma cesta.
Para esclarecer as diferenças entre os investimentos na Nexoos e os investimentos mais tradicionais como poupança, CDB, LCI/LCA, e Tesouro Direto, dê uma olhada nesse artigo.
Esse artigo foi útil? Conseguimos esclarecer as suas dúvidas? Comente e entre contato via [email protected]
Estamos à disposição para ajudar e esclarecer quaisquer dúvidas 🙂

3 comentários em “Qual o risco de investir em peer-to-peer lending?”

  1. Ricardo da Conceição

    Boa tarde, a partir do momento que o cliente fica inadimplente o investidor deixa de receber o valor mensal ou a Nexoos tem algum Fundo Garantidor de Crédito que cubra este risco?

  2. Alguem sabe se a PeerBR também usa esses requesitos de filtrar as empresas melhores para os seus investidores?

  3. Maicon Antonio Steffens

    Aonde encontro os dados que explicam os riscos presente em cada empresa, exemplo “B5”, “B6”, “D1”, “C2”. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima