sócio investidor

Qual o papel do sócio investidor?

Entre as várias opções existentes para conseguir mais dinheiro há a possibilidade de buscar um novo sócio, com recursos disponibilizados para impulsionar a empresa. E isso pode acontecer por meio de um sócio investidor.

A Nexoos elaborou este artigo para falar sobre o papel do sócio investidor e como ele funciona, mostrando sua importância para trazer mais recursos e o que deve ser avaliado na hora de escolher uma pessoa para essa posição. Confira!

Como funciona o papel de um sócio investidor? 

O papel do sócio investidor é aplicar dinheiro dentro de uma determinada empresa visando o retorno do capital investido. Diferentemente do sócio capitalista, que aplica uma quantidade de recursos menor visando retorno a longo prazo, o sócio investidor investe uma quantia maior.

Essa quantia muitas vezes chega ao montante total do valor que a empresa precisa. O esperado é que seu retorno financeiro seja de médio a curto prazo, e o sócio pode participar da gestão administrativa.

Vantagens de ter um sócio investidor

Ele pode agregar bastante ao seu negócio, trazendo novas perspectivas para a empresa. No fim, há um suporte muito maior do que apenas os recursos financeiros, consolidando uma parceria. Veja as principais vantagens em ter um sócio investidor.

Expansão do negócio

Os recursos aplicados são convertidos em planos de ação para a realização de todos os novos projetos da organização. Assim, é possível dar um passo adiante e mudar completamente a perspectiva da empresa.

Mais fontes de conhecimento

Existe uma parceria e uma colaboração direta na gestão do empreendimento. Um sócio agrega conhecimento à empresa, já que o investidor pode ter um know how na área de atuação do negócio.

Garantia de competitividade

A participação de um sócio financeiro na empresa é uma forma de garantir competitividade para o negócio. Isso acontece por causa do aporte de recursos que foi aplicado, que pode ajudar a empresa a se renovar e se diferenciar. 

O sócio capitalista

Apesar do perfil parecido, sócio investidor e sócio capitalista têm significados diferentes. O segundo busca negócios que tragam retorno a longo prazo, investindo recursos durante o desenvolvimento do negócio e dividindo lucros quando estes aparecerem.

O sócio capitalista é quem vai cobrir o capital de giro: pagar as despesas rotineiras e aparecer com recursos quando for preciso adquirir um novo equipamento, por exemplo. Quando o negócio se tornar rentável, os lucros serão divididos com esse sócio.

O sócio investidor

Já o sócio investidor entra no negócio com um montante maior, geralmente com todo o valor necessário de uma vez só, acreditando que a empresa possa gerar lucros e se valorizar em um futuro breve. 

Ele participa da gestão dividindo atividades administrativas com os demais sócios, e visa principalmente a valorização do negócio, de olho em uma saída caso valha a pena vender sua participação.

O investidor de risco

Além destes, há também o perfil de investidor de risco, que assim como o sócio investidor, chega com o montante necessário para o sucesso do negócio, mas busca retornos rápidos e drásticos. O objetivo dele é valorizar a empresa rapidamente e vender seu percentual no momento em que ela alcança um retorno razoável.

Escolhendo o sócio investidor

Para que essa nova parceria aconteça da melhor forma possível, é fundamental saber escolher um sócio investidor. Ele deve colaborar para que a empresa evolua, tanto do ponto de vista financeiro quanto operacional e estratégico.

Descubra os antecedentes

É muito interessante conhecer os antecedentes do novo sócio. Quais foram os outros projetos que ele realizou? Ele possui experiência como gestor de negócios? Com isso, é possível verificar se ele realmente pode atuar como um parceiro para a empresa.

Avalie os objetivos

Outra dica importante é avaliar os objetivos desse investidor. É fundamental que haja uma sintonia nos anseios e no empenho tanto do investidor quanto do gestor para que tudo flua da melhor forma possível para a empresa.

Avalie o perfil

É importante descobrir ao máximo o perfil e a postura desse novo investidor, desde os valores destacados por ele até a forma de agir e pensar. Tudo isso pode lhe ajudar a decidir se a parceria será rentável ou não.

Compromisso e responsabilidades

É preciso avaliar o modelo e como funciona o investimento em empresas que o utilizam. No mundo dos negócios é fundamental esclarecer todas as desconfianças de ambos os lados, deixando claro desde o primeiro momento as expectativas com a parceria.

Portanto, especialmente para quem enxerga o contrato de sócio investidor ou capitalista como ‘salvador’ do negócio, é importante garantir que todos os lados tenham clareza de como será a admissão, os deveres e os direitos de cada um.

Invista hoje mesmo com a Nexoos

Agora que você já sabe como o sócio investidor participa do empreendimento, conheça as diferentes opções de empréstimo empresarial!

Na Nexoos você tem a possibilidade de investir para contribuir com negócios locais e lucrativos, com opções de retorno acima do CDI e sem precisar se preocupar com a empresa que investe já que, além de não se tornar sócio dela, a Nexoos faz uma análise de crédito rigorosa, que seleciona apenas os negócios que cumprem todos os requisitos de risco. 

Já se precisa de investimento para a sua empresa, a Nexoos é a plataforma que fará a conexão com investidores. Assim, você pode impulsionar seu negócio com taxas de juros justas e sem tarifas escondidas. 

1 comentário em “Qual o papel do sócio investidor?”

  1. Consegui ver em que tipo de perfil se enquadra meu possível sócio pois surgiu esta oportunidade para meu negócio e logo de cara foram dois prováveis sócios e ambos com perfis bem diferentes. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima