health tech

O que são empresas health tech?

Diante da introdução da tecnologia na vida cotidiana das pessoas, é normal que cada vez mais setores do mercado busquem soluções inovadoras para atrair a atenção do público. O crescente número de empresas health tech é um exemplo desse cenário.

Elas são organizações — em sua maioria startups — que buscam juntar as inovações tecnológicas e os avanços na área da saúde para aprimorar o modo com que as pessoas são tratadas e atendidas. 

Não só uma tendência no Brasil, elas conquistaram vários consumidores, estudiosos e empresários, que investem nesse tipo de empreendimento. Aqui, você conhecerá mais sobre os produtos e as plataformas utilizadas por essas empresas, além de entender o que é health tech no contexto nacional e internacional. Confira!

Conheça as características do health tech

A health tech é um tipo de organização que introduz novas tecnologias em três diferentes etapas do setor da saúde: prevenção, diagnóstico e tratamento. Ou seja, procura aprimorar todas as ferramentas e procedimentos usados pelos médicos.

Essas empresas, além de focarem no atendimento ao paciente, também buscam melhorar os processos de formação dos médicos e desenvolver, com a ajuda da tecnologia, novos equipamentos hospitalares. Veja os meios mais utilizados:

  • Inteligência Artificial (IA) e Big Data;
  • Reconhecimento facial e imagens;
  • Monitoramento de sensores;
  • Robótica,
  • Realidade aumentada e virtual.

Tipos de produtos

Procurando soluções para o campo da saúde, a health tech parte do princípio de juntar tecnologia a tratamentos convencionais, como as vacinas. Outros exemplos de produtos criados são as microcâmeras que simulam pílulas, usadas para investigar sintomas misteriosos do corpo humano.

Vale ressaltar que esse tipo de investimento também é realizado no treinamento dos profissionais da área da saúde, como a introdução de cirurgias virtuais e impressões de órgãos 3D. O impacto das health tech e startups no Brasil, já pode ser notado pela maioria da população.

Tendência do health tech

É visível atualmente o crescimento da health tech como tendência nos últimos anos. De acordo com a pesquisa realizada pelo District Health Tech Report em 2018, o percentual de investimentos nessa modalidade empresarial dobrou de US$ 7,1 bilhões para US$ 14,6 bilhões.

Para você entender mais sobre o avanço dessas companhias no mercado, nós explicamos nos itens abaixo os contextos internacionais e brasileiros nos quais essas empresas estão inseridas. Veja.

Contexto internacional

No cenário internacional, o número de health techs e startups classificadas como unicórnios — avaliadas em US$ 1 bilhão sem ter o seu capital na Bolsa de Valores (B3) — já alcança 37, sendo que 20 estão localizadas na América do Norte. Confira abaixo 3 startups unicórnios mais importantes no contexto internacional.

  • Samumed: é uma startup da América do Norte que foi fundada em 2008 e, hoje, já é avaliada em US$ 12 bilhões. Seus investimentos são voltados à busca por soluções de regeneração de tecido; 
  • Roivant: fundada em 2014 e com sede nas Bermudas, ela está avaliada em US$ 7 bilhões. A Roivant foca as suas pesquisas no desenvolvimento de novos medicamentos com o uso de IA,
  • WeDoctor: com sede na China e há 10 anos no mercado, a WeDoctor é avaliada em US$ 5,5 bilhões. Ela foi projetada como um aplicativo de agendamento de consultas, mas, hoje, executa o papel de plano de saúde, como o primeiro hospital virtual do mundo.

Contexto brasileiro

Apesar de o contexto brasileiro não contar com nenhum unicórnio health tech, o número desse segmento mais que duplicou de 2014 para este ano — de 160 para 386 —, com um crescimento de 141%.

Seguindo os dados da pesquisa mencionada acima (District Health Tech Report), regionalmente, o Brasil é dividido com os seguintes percentuais de participação nesse avanço: 

  • Sudeste: 60,6%;
  • Sul: 28,7%;
  • Nordeste: 7,8%,
  • Centro-Oeste: 2,9%.

É importante ressaltar também as health tech do Brasil, como a Hi Technologies. Criada em 2004 por estudantes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), ela é uma startup especializada em desenvolver equipamentos médicos e exames, como um laboratório portátil que usa IA para acelerar o diagnóstico.

A Nexoos te auxilia com as novidades do mercado 

Ficar atento a todas as novidades nem sempre é fácil, ainda mais quando se é um investidor e quer descobrir as melhores oportunidades, como entender para que serve as health tech. Além dessas empresas, existem vários outros tipos de organizações para você começar a investir. 

Não fique perdido com as suas aplicações na Nexoos. Acesse o nosso blog e confira o nosso texto: “Dicas para você escolher as melhores empresas para investir”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima