Diversificação De Investimentos É A Chave Para Uma Carteira Saudável

A diversificação é um dos assuntos mais importantes para levar em consideração no momento de investir, principalmente quando se trata de investimentos de risco.

Falaremos especificamente sobre diversificação em seus investimentos em plataformas de peer-to-peer lending, usando exemplos reais aqui da Nexoos. Abordaremos também a importância de se ter uma carteira diversificada, e de alguns estudos que fizemos em nossa base para mostrar esta importância.

Vale lembrar que, quando você se cadastra como investidor da Nexoos, é disponibilizada uma página exclusiva de análise da carteira de investimentos dentro da página de “Dados da Diversificação”, com detalhes e informações completas para que nossos investidores estejam sempre atualizados.

Quais características são importantes em uma carteira diversificada?

Aqui na Nexoos, levamos muito a sério a diversificação, principalmente no momento de explicarmos nosso produto aos investidores. É imprescindível que esteja claro que este tipo de investimento exige uma alta diversificação, a fim de minimizar a probabilidade de retorno pouco expressivo.

A forma como você estuda e seleciona as empresas investidas continua sendo importante, mas tão ou mais importante é a quantidade de empresas, mix de riscos (ratings) e exposição por ativo da montagem da sua carteira. Uma comparação bastante comum para exemplificar esse mix é a pizza de oito pedaços, pensando nas possibilidades de diversificar oito vezes os sabores e descobrir novas combinações que agradem seu paladar, bem como que façam valer a pena o valor gasto.

Veja a lista das principais características de uma carteira diversificada com a Nexoos:

Importante ressaltar que o objetivo é diminuir a probabilidade de sua carteira ter uma rentabilidade abaixo da esperada.

  • Quantidade de empresas em seu portfólio: quanto mais melhor. 

Com a Nexoos, você tem a vantagem de reinvestir seus repagamentos recebidos das empresas em seu portfólio, aumentando assim as empresas de sua carteira sem necessariamente aportar mais dinheiro.

  • Exposição máxima por empresa em sua carteira: quanto menos, melhor.

Vamos supor que você tenha um portfólio de 50 empresas, com R$ 1.000,00 investidos em cada uma. Nesse caso, sua exposição máxima é de 1/(50*1), ou seja 2%. Já se em uma destas 50 você aportou R$ 10.000,00, sua exposição seria de 10/(10+49*1) ou seja 17%. Ou seja, quanto menor a exposição, mais vantagem e menos riscos de comprometer seus retornos.

  • Diversificação pelo tempo: quanto mais diversificado no tempo, melhor.

Existem mudanças macroeconômicas, como uma pandemia, por exemplo, fatores que acabam por adequar as análises de crédito, e por consequência as características das empresas ofertadas. Ter investimentos em diversos períodos de tempo, como por exemplo uma quantidade igual por mês, garante que seu portfólio esteja mais preparado para eventuais mudanças, principalmente macroeconômicas. Como sugestão, vale reinvestir a cada mês uma quantia específica para garantir esta diversificação.

Como tem se comportado a relação entre diversificação e taxa de retorno na Nexoos?

Quando comparamos o índice de diversificação com a média da TIR dos investidores, temos o seguinte comportamento:

(Dados referentes à base de dados Nexoos, na data de 18/03/2021).

No gráfico, podemos perceber que o índice de diversificação tem uma correlação direta com a variação de TIR das carteiras que a compõem. Ou seja, a probabilidade de você ter um retorno muito abaixo da mediana diminui consideravelmente conforme o índice de diversificação de sua carteira aumenta.

Por exemplo, carteiras com 88% a 92% de índice de diversificação têm os 10% menos rentáveis com TIR de aproximadamente 0% ou menos, enquanto os 10% menos rentáveis com índices entre 96% e 100% são de 7%. Isso significa que, caso você esteja com 98% de índice de diversificação, sua carteira hoje tem 90% de chances de estar rendendo mais do que 7%.

Outro gráfico interessante é do número de investimentos pela Taxa de Retorno(TIR) da carteira:


(Dados referentes à base de dados Nexoos, na data de 18/03/2021).

Veja que a variação de rentabilidades vai afunilando conforme a carteira tem mais investimentos, se aproximando cada vez mais da TIR da carteira Nexoos como um todo.

O momento em que vivemos pode sofrer mudanças mas a diversificação continuará sendo a chave para se ter uma carteira de investimentos saudável na Nexoos.

Invista com a Nexoos!

Convidamos você a fazer parte dessa revolução da indústria de investimentos e unir bons retornos com fomento e impacto direto na economia brasileira: invista em Pequenas e médias empresas de todo o País, com inúmeras opções para diversificar sua carteira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima