Gestão de pequenas empresas

A gestão de pequenas empresas é importante?

A gestão empresarial é uma estratégia de administração para que seja realizada a estruturação da empresa, seguindo um modelo de trabalho, tendo como objetivo orientar o gestor nas tomadas de decisões. Mas fazer a gestão de pequenas empresas é importante?

Embora se pense que só as grandes empresas precisam de gestão empresarial, essa estratégia é ainda mais importante para as pequenas empresas, já que ajuda na administração financeira, pessoal e em momentos de crises, fazendo com que elas prosperem.

Invista na sua gestão

As pequenas empresas possuem um papel importante na economia brasileira por seu altíssimo número de geração de empregos e participação no PIB (Produto Interno Bruto), que em 2014 representava um quarto do seu valor.

As empresas pequenas, apesar de estabilizadas financeiramente, possuem a ambição de crescer. Uma gestão bem feita e planejada auxilia principalmente no crescimento delas.

Conheça o mercado

Para conseguir uma gestão efetiva para a sua empresa, é importante que você não só conheça o mercado em que ela atua, mas se aprofunde em todos os temas que tenham relação com ela.

É importante que você entenda todos os juros, taxas e tarifas às quais seu negócio é submetido. Além disso, deve saber as razões, quem são seus concorrentes, e entender quais diferenciais a sua empresa possui, compreendendo as exigências do seu público. 

Apesar de a pesquisa de mercado ser um passo importante, a avaliação da “saúde” da sua empresa também é um ponto crucial, analisando os setores jurídicos, financeiros e operacionais para entregar um serviço ou produto que agrade ao consumidor.

Faça o planejamento do orçamento

Na gestão de pequenas empresas é ainda mais importante o planejamento, tanto das estratégias quanto do orçamento. Isso porque a gestão financeira evita que você desvie o capital da sua empresa para setores em que não demandam a atenção no momento.

O planejamento do orçamento é uma etapa essencial da gestão de pequenas empresas, pois leva em consideração o desejo de crescimento e suas necessidades específicas. 

Invista em comunicação

A comunicação em uma empresa é uma ferramenta fundamental para que, além de conquistar e fidelizar os clientes, você consiga trazer mais consumidores para o seu negócio.

É essencial que os funcionários conheçam e entendam a mensagem que a empresa quer passar para que haja uma comunicação clara entre todos os envolvidos. A falha nessa etapa pode gerar caos na imagem da empresa, tanto interna como externa.

Adquira um software de gestão

Um software de gestão de empresas é responsável pela maioria das tarefas que foram citadas acima. Ele une e analisa todas as informações, criando relatórios para você consiga administrar seguindo o planejamento.

O software também ajuda a empresa a conquistar o seu espaço no mercado competitivo, oferecendo todas os dados para que sejam criadas estratégias. Além disso, também diminui os gastos da gestão, já que esta estará unida por esse software.

O ERP (Enterprise Resource Planning) ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial é um exemplo de software de gestão para pequenas empresas, em que você consegue visualizar todas as suas informações processadas no sistema. 

Diferença entre gestões de grandes e pequenas empresas

Independentemente do porte da empresa, todas necessitam de uma gestão. Ela demonstra a organização e o compromisso que a empresa tem em seguir o planejamento.

As grandes empresas demandam um tipo de gestão mais específica que as pequenas, sendo dividida em vários setores, com um responsável na cadeia hierárquica. A gestão, portanto, é compartilhada.

A gestão de pequenas empresas é mais multifuncional e exige conhecimento mínimo de cada setor, responsabilizando uma pessoa pela tarefa. Em alguns casos há o setor financeiro, mas as decisões finais ainda são do gestor.

Conhece a Lei Geral?

Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, ou simplesmente Lei Geral, é a legislação implementada na Constituição Brasileira em 2006 para garantir a regulamentação distinta para micro e pequenas empresas.

Desde que foi criada, essa lei passou por quatro modificações, mas permanece com a meta de desenvolver essas empresas como um meio de gerar empregos, renda, inclusão social, além de fortalecer a economia. A lei também diferencia os portes das empresas pela receita bruta:

  • As microempresas são aquelas em que a receita é igual ou menor que R$ 360 mil,
  • As pequenas empresas são aquelas em que os valores ficam entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões.

Expanda o seu negócio com a Nexoos!

Com a gestão empresarial, você consegue planejar o futuro do seu negócio e o seu crescimento. Faça o seu financiamento com a Nexoos e expanda a sua empresa!

A Nexoos é uma plataforma que une investidor e empreendedor, ampliando as possibilidades de negócios. Nós oferecemos processos 100% on-line, seguros e rápidos, com liberação do empréstimo em até dois dias sem a cobrança do depósito antecipado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima