Empreendedorismo4 de abril de 2017 Tempo de Leitura: 2 minutos

Entenda a diferença entre ações e participações no seu negócio

Por Redação Nexoos

Alguns conceitos que integram a rotina empresarial costumam causar confusão entre os empreendedores. Essa dificuldade de contextualização de expressões é muito comum, principalmente diante das inúmeras informações que compõem o processo contábil e financeiro. Uma dúvida comum está na conceituação das ações e participações.

Neste artigo, abordaremos as definições de ações e participações, explicando a particularidade de cada uma e as principais diferenças entre elas. Ainda será possível contextualizar as expressões dentro do âmbito empresarial e compreender de que forma cada uma delas está inserida no seu contexto corporativo.

Conceituando ações

Ações são parcelas que integram o capital social de uma empresa. Pode-se dizer que são pequenas unidades de títulos emitidas por sociedades empresárias.

Elas representam a menor fração do capital social de um negócio, ou seja, as ações são a divisão do capital social em partes iguais sendo, o capital social, conceituado como o investimento dos proprietários da empresa, representando assim, o próprio negócio em si.

As ações são divididas em dois tipos:

  • ações ordinárias ON: são aquelas que dão direito de participação nos resultados ao acionista titular, além de garantir também direito a voto em assembleias de acionistas;
  • ações preferenciais PN: igualmente dão direito de participação nos resultados ao acionista titular, garantindo a distribuição do dividendo ao titular da ação. Diferentemente das ordinárias, essas ações não dão direito a voto em assembleia de acionistas.

Conceituando participações

A participação societária corresponde à parcela do capital social que determinada pessoa tem e que pode ser representada por ações, quinhões ou quotas, dependendo do tipo de sociedade.

Participações são importâncias aplicadas na aquisição de ações ou quotas sociais com o objetivo de mantê-las permanentemente, tanto com o objetivo de ter um controle societário, quanto com o objetivo puramente econômico. 

As participações societárias são investimentos permanentes em outras sociedades não destinadas a vendas. As participações societárias se dividem em dois tipos:

  • participações permanentes: definidas como aplicações de interesse operacional, destinadas à complementação, diversificação ou manutenção das atividades da empresa;
  • participações temporárias: aplicações adquiridas com o interesse de venda. São participações obtidas com o objetivo de fazer especulação de mercado.

Diferenciando ações e participações

A diferença entre ações e participações é claramente perceptível na conceituação, uma vez que as ações representam participações em uma sociedade empresária. As participações dão a propriedade da empresa. As ações podem ser adquiridas apenas a título de estratégia de mercado e com o objetivo de venda posterior.

Além de serem comercializadas como participações de uma determinada empresa, as ações também podem ser comercializadas de outras formas, como opções de compra e vendas futuras, por exemplo. A compra e venda de ações podem ser feitas diariamente no mercado, o que também é diferente da aquisição de participações que, por sua vez, é mais limitada.

Contextualizando os conceitos

As ações só podem ser livremente negociadas no mercado por sociedades de capital aberto, ou seja, empresas nas quais o capital social é formado por ações. Quem compra ações dessa sociedade se torna proprietário de uma parte ideal da empresa e pode negociar livremente suas ações no mercado, vendendo ou comprando, de acordo com as oscilações da economia.

O mercado de ações é muito amplo e oferece uma gama enorme de possibilidades para os seus investidores. Vale a pena conhecer um pouco mais e buscar novas alternativas quando o assunto é investimento. Se você busca investir com segurança, recomendamos a leitura do artigo Saiba tudo sobre fundos de investimento, onde você vai entender o básico sobre o assunto e descobrir por onde começar.

Redação Nexoos

Compartilhe este Artigo   

ação ações Empreendedorismo empresas mercado de ações negócios

Deixe seu comentário

Os comentários estão fechados.

Precisa de dinheiro para impulsionar seu negócio?

Insira o valor desejado entre R$15.000,00 e R$500.000,00 para iniciar sua cotação.

Artigos Relacionados

Inscreva-se em
nosso Blog!

Receba, em primeira mão, conteúdos exclusivos sobre empreendedorismo e investimentos.