Product Market Fit

O que é Product Market Fit?

Para as empresas que possuem um produto como principal fornecedor de rendimento, é primordial determinar o seu desempenho dentro do seu segmento de atuação. Nesses casos, o método mais utilizado é o Product Market Fit.

Com o objetivo de analisar a qualificação da concorrência, a satisfação dos consumidores e a sua capacidade, esse modelo avalia até que ponto o seu produto consegue ter resultados positivos no mercado.

O consumidor, mesmo quando bem definido, não é fácil de ser compreendido e agradado, por isso a importância desse acompanhamento. Se você quer entender o que é Product Market Fit e como aplicá-lo no seu empreendimento, continue lendo o artigo a seguir.

Entenda o Product Market Fit

O conceito de Product Market Fit foi criado pelo fundador do navegador Netscape e investidor do Vale do Silício, Marc Andreessen. Reforçando a ideia do início do texto, esse modelo analisa a satisfação que um produto alcançou em um determinado segmento de mercado.

Ao traduzir o termo para o português, a definição fica mais clara: “adequação do produto para o mercado”. Esse é um mecanismo usado pelas empresas que buscam determinar se as suas ações atuais estão sendo efetivas para atingir o seu público-alvo ou persona.

Segundo o próprio Andreessen, o caminho para alcançar um nível bom de PMF ou Product Market Fit é quando a marca — produto — oferece soluções a um problema recorrente dessa persona.

Por que aplicar esse método na minha empresa?

A meta de qualquer empresa, independentemente do seu tamanho ou área de atuação, é a obtenção do lucro. Com a implementação do Product Market Fit regular, o empresário pode criar novas possibilidades e soluções de oferta para o consumidor, já que vai entender as suas necessidades.

O que todo gestor deve compreender é que a capitalização de um grande produto ou serviço só acontece quando a opinião do cliente ao qual é direcionado o item é levada em consideração. 

Como definir o Product Market Fit?

Como falamos no tópico acima, é imprescindível — para ter um PMF com resultados satisfatórios — que a companhia conheça bem quem é a sua persona. Com essas informações, você poderá descobrir quais as preferências ainda não estão disponíveis no mercado.

Vale ressaltar que existe uma ferramenta paga que ajuda o gestor a fazer essa análise, a Product Market Fit Canvas. Porém, a equipe da Nexoos separou algumas dicas para ajudar você a alcançar a eficiência do seu produto. Confira.

Planeje um produto que tenha “valor”

Antes de colocar o seu produto no mercado, garanta que ele tenha valor para a persona. Ou seja, esse item deve agregar algo ao consumidor, se diferenciando de outras opções disponíveis no mercado.

O consumidor precisa ter uma imagem positiva atrelada ao produto do seu negócio, por isso, o foco está em garantir o oferecimento de mais benefícios do que sua concorrência.

Foque em estratégias básicas 

Como muitas empresas hoje trabalham com e-commerce, às vezes, as estratégias mais básicas são as mais interessantes e mais atrativas aos clientes. Para ter uma abordagem do Product Marketing Fit eficiente, acompanhe a estrutura de oferta do seu produto e veja os resultados.

Por exemplo, caso a sua persona tenha interesse em um maior número de parcelas de pagamento ou entregas mais rápidas, você deverá focar especificamente nesses itens; sempre considerando as demandas dos seus consumidores.

Busque o feedback antes de lançar no mercado

Se você está no mercado de vendas, já deve ter ouvido falar das pesquisas de mercado. Então, no PMF, essa é uma técnica que pode gerar dados interessantes para a gestão de uma organização.

Quando você faz um teste do seu produto com um grupo de pessoas selecionadas de um perfil específico, isso gera informações úteis — aspectos positivos e aspectos negativos, que demandam mais investimento e pesquisa.

Atenha-se à regra de satisfação de 40%!

Assim como, antes do lançamento do produto, é essencial fazer uma pesquisa de mercado, depois também o é. Realizar o acompanhamento, desde críticas até elogios dos consumidores, é tarefa das empresas.

Uma das regras da análise do Product Market Fit é que a empresa só alcança um produto bom quando o nível de satisfação chega à margem dos 40%. De acordo com esse método, é possível conseguir esse número por meio de um teste.

Ele é aplicado entre alguns clientes, perguntando o que eles sentiriam se o produto X parasse de ser produzido. Os consumidores teriam somente três opções para poderem assinalar:

  • muito desapontado;
  • um pouco desapontado,
  • indiferente.

Caso 40% dos que participaram dessa pesquisa optarem por “muito desapontado”, quer dizer que as estratégias implementadas estão sendo eficazes para satisfazer as personas.

Conte com a Nexoos para ampliar os seus conhecimentos empresariais

Ficou interessado em entender mais sobre conceitos do mundo empresarial? Além do Product Market Fit, no blog da Nexoos, você encontra outros conteúdos para lhe assessorar na gestão do seu negócio. Acesse o nosso site e confira o que é a Análise SWOT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This
Rolar para cima